STEF cresce no primeiro trimestre de 2015

6 MAIO 2015
O volume de negócios do Grupo STEF continua em crescimento apresentando no trimestre de 2015 um crescimento de 1,8% devido à influência do dinamismo das suas atividades europeias. O consumo alimentar registou uma ligeira melhoria em todos os países onde o Grupo STEF opera. No primeiro trimestre de 2015, a atividade de transporte foi muito afetada pela descida do preço dos combustíveis que se refletiu na faturação, nomeadamente em França. As vendas realizadas por conta de terceiros (clientes da restauração) localizam-se em França, em Espanha e na Bélgica.

A redução de 2,6% (na mesma base de comparação) do volume de negócios do Transporte em França deve-se à descida do preço dos combustíveis, que se refletiu na faturação. O impacto é de 9,4 milhões de euros entre o primeiro trimestre de 2014 e 2015. Os volumes transportados mantiveram-se estáveis.

O primeiro trimestre foi marcado por um nível de atividade constante na logística dos produtos frescos e pela boa dinâmica das atividades GMS, após a abertura de uma nova plataforma no sudoeste francês em Junho de 2014. Em contrapartida, a atividade de restauração foi afetada pela diminuição do consumo nos restaurantes.

As atividades europeias continuam a dar um grande contributo ao Grupo. Em Espanha, o contexto económico melhorou e todos os segmentos de atividade registaram um bom desempenho ao longo do trimestre. Já em Itália, a pertinência das soluções de transporte e de massificação logística implementadas em 2014 traduziu-se num aumento de 8,7% do volume de negócios.

A atividade de carga da La Méridionale ganhou 1,8 pontos percentuais de quota de mercado no porto de Marselha e apresentou um aumento de cerca de 10% nos volumes transportados. Este bom nível de atividade traduziu-se num aumento de 2,7% do volume de negócios do trimestre. Segundo fontes do grupo, “após uma diminuição da atividade de passageiros no início do ano, o Verão anuncia-se promissor com um forte aumento das reservas.