Shoyce aposta na internacionalização para mercados asiáticos e africanos

Shoyce aposta na internacionalização para mercados asiáticos e africanos

14 MAIO 2015
A Nutre, empresa sediada em Vagos e produtora das bebidas de soja da marca Shoyce, esteve recentemente presente em duas feiras internacionais do sector da alimentação, em dois mercados identificados como prioritários para a marca: Ásia e África.

A Shoyce esteve na Hofex, em Hong Kong, o certame mais importante da região da Ásia-Pacífico para a fileira Alimentar & Bebidas e Restauração e Equipamento Hoteleiro. A marca nacional marcou, ainda, presença na primeira edição da Agrofood, que decorreu na Nigéria.

João Vitor, Business Director da Nutre, reafirma a importância estratégica do mercado asiático para o crescimento da marca. “Hong Kong está no top 10 dos mercados consumidores de bebidas de soja, tendo consumido, em 2014, mais de 132 milhões de litros de bebidas produzidas à base de soja”. No mercado asiático, a Shoyce já está presente pelas mãos de dois importadores locais, que trabalharão também a notoriedade e a visibilidade da marca em Macau, Hong Kong, China e Taiwan.

A entrada no mercado da Nigéria deverá ocorrer até ao final de 2015, estando já a Nutre a selecionar um importador para os produtos Shoyce. “A aposta na Nigéria e nos mercados africanos é igualmente estratégica para a marca, quer pela sua dimensão como potencial consumidor de bebidas de soja, mas também pelo próprio potencial de consumo em termos de riqueza (PIB): é a maior economia de África”, explica o responsável pela Nutre.

Apenas 10 meses após o seu lançamento, os produtos Shoyce são já comercializados em Portugal, Espanha, China, Hong Kong, Taiwan e Macau e estarão brevemente disponíveis em países como a Nigéria, Finlândia, Turquia e Israel. “Queremos estar em 10 países até ao final de 2015”. A marca está também a desenvolver uma forte aposta no mercado espanhol, que consome cerca de 140 milhões de litros de bebidas de soja por ano, sete vezes superior ao consumo anual de bebidas de soja em Portugal.