Vinhos do Tejo reconhecidos em concursos internacionais

22 MAIO 2015
Os Vinhos do Tejo foram recentemente distinguidos em dois importantes concursos internacionais de 2015: o Concours Mundial de Bruxelles e o International Wine Challenge.

No Concours Mondial de Bruxelles, um dos mais valorizados concursos vínicos do mundo, os Vinhos do Tejo receberam um total de 32 medalhas, sendo que dez foram de ouro e vinte e duas de prata. A competição ocorreu entre os dias 1 e 3 de maio, em Jesolo, cidade italiana.

Obtiveram medalhas de ouro três vinhos da Quinta da Alorna (Barbeitos Branco 2014, Portal da Águia Branco 2014, Quinta da Alorna Branco 2014), dois da Quinta da Badula (Badula Colheita Selecionada Tinto 2012 e 2013), dois da Encosta do Sobral (Encosta do Sobral Chardonnay Branco 2014, Encosta do Sobral Reserva Branco 2014), um do Casal da Coelheira (Casal da Coelheira Reserva Tinto 2012), um da Adega Cooperativa do Cartaxo (Coudel Mor Reserva Tinto 2011) e um da Falua (Tagus Creek Chardonnay - Fernão Pires Branco 2014).

No que concerne à conceituada competição internacional de Vinhos- International Wine Challenge- os Vinhos do Tejo foram distinguidos com 36 medalhas.

São de salientar as nove medalhas de Prata atribuídas aos Vinhos do Tejo: 1836 Grande Reserva Tinto 2013 (Companhia das Lezírias); Encosta do Sobral Reserva Branco 2014, Encosta do Sobral Selection Tinto 2014 e Encosta do Sobral Reserva Tinto 2013 (Encosta do Sobral); Encosta do Vale Galego Tinto 2012 (Maria Sintra Marques Cordeiro); Falua Reserva Tinto 2011 (Falua, Sociedade de Vinhos); Vale de Fornos Tinto 2012 (Quinta Vale de Fornos); Zé da Leonor Reserva Tinto 2013 (Casa Agrícola Rebelo Lopes) e Terra Chã Branco 2012 (Casal do Conde).