Bosch expande atividades em Portugal

26 MAIO 2015
A Bosch registou, em 2014, um total de vendas de 811 milhões de euros em Portugal, incluindo vendas internas a outras empresas do Grupo, o que representa um crescimento de 3% face a 2013. As vendas no mercado nacional atingiram os 156 milhões de euros.

A Bosch aumentou a competitividade das suas unidades em Portugal nos últimos anos ao melhorar a sua produtividade e infraestruturas, e ao apostar no desenvolvimento das competências dos seus colaboradores. Graças a estes esforços a empresa conseguiu atrair novos clientes, novos produtos e mais atividades de I&D. Os nossos resultados em 2014 foram um reflexo desse desenvolvimento.”, afirmou João Paulo Oliveira, representante do Grupo Bosch em Portugal. Desta forma, a Bosch mantém-se como um dos maiores exportadores a nível nacional com uma taxa de exportação de 90% da sua produção.

A partir de Portugal, a empresa exporta os seus produtos para mais de 60 países na Europa, América, África e Ásia e está continuamente à procura de oportunidades para aumentar a sua presença global. Com base nos resultados do primeiro trimestre de 2015, a Bosch prevê um ano positivo para o desenvolvimento do seu negócio.

Em 2014, o Grupo Bosch investiu um total de 24 milhões de euros na modernização das unidades de produção em Portugal e em Investigação e Desenvolvimento, nomeadamente nos centros de I&D em Braga e Aveiro. Em Braga, a Bosch estabeleceu uma parceria de I&D com a Universidade do Minho, na qual estão a ser investidos 19 milhões de euros (parcialmente fundos do Compete). Esta parceria vai permitir o desenvolvimento de 14 projetos, contribuindo para a definição do futuro da mobilidade, e estão a ser registadas 12 patentes.

O investimento que temos feito em I&D é um sinal do potencial que vemos no mercado português.”, afirma João Paulo Oliveira. “Ao empregar mão-de-obra altamente qualificada e ao estabelecer parcerias com universidades de topo, queremos desenvolver e produzir ainda mais produtos com tecnologia para a vida.

Em 2014, a Bosch criou cerca de 100 postos de trabalho altamente qualificados para engenheiros nas suas unidades em Portugal como demonstração da confiança nas competências dos trabalhadores portugueses. A empresa vai continuar a recrutar em 2015, nomeadamente Engenheiros para os seus centros de I&D.