Diageo assume o controlo da United Spirits

27 JUNHO 2014
A Diageo irá assumir o controlo de 54,7% da United Spirits, pela qual pagou um total de 2,33 mil milhões de euros.

O montante foi parcialmente reduzido pela diminuição da dívida da United Spirits, com os 537,7 milhões de euros que recebeu da venda da Whyte & Mackay à Emperador.


O preço que a Diageo pagou para assumir o controlo da empresa indiana é 39 vezes os lucros anuais antes de impostos desta. A United Spirits irá permitir à Diageo diversificar-se nos mercados emergentes, antecipando-se que comece a ter efeitos positivos no negócio em 2020. A Diageo prevê que metade das suas vendas tenha origem naqueles mercados e que a Índia valha cerca de 10% da faturação do grupo.


A United Spirits vende cerca de 123,7 milhões de caixas por ano, com as suas 21 marcas. Cinco destas vendem mais de 10 milhões. Com a venda da Whyte & Mackay, estes números serão, certamente, reduzidos mas não deixará de ser, mesmo assim, o player dominante na Índia. Este negócio dá à Diageo um terço do mercado indiano de bebidas espirituosas e uma ampla base de colocação no mercado das suas marcas globais Johnnie Walker e Smirnoff.