Lidl investe no Reino Unido

30 JUNHO 2014
O Lidl pretende investir 274 milhões de euros na expansão no Reino Unido. A insígnia do Grupo Schwarz vai financiar a abertura de novas lojas, a oferta de alimentos frescos e criar 2.500 novos empregos. O Lidl pretende abrir 20 novas lojas do Reino Unido nos próximos nove meses, elevando para um total de 670 os seus pontos de venda.

De acordo com a cadeia de lojas de desconto, os empregos serão criados ao longo das lojas novas e das existentes, já que está a abrir padaria “instore” nas lojas britânicas. Seguindo o exemplo do mercado doméstico, o alemão, o Lidl está a contratar para as funções especializadas, tais como gerentes de padaria e “coordenadores de frescura”. Empregos adicionais também serão criados na sua sede em Wimbledon.

"Estamos focados num único objetivo - dar aos nossos clientes os mais frescos produtos da mais alta qualidade possível com o melhor valor. Operamos num modelo de negócios altamente eficiente e procuramos, tanto quanto possível , comprar localmente, apoiando produtores do Reino Unido e também limitando o impacto financeiro e ambiental do transporte", afirma o diretor geral do Lidl Reino Unido, Ronny Gottschlich.

Em setembro deste ano, o Lidl vai abrir o seu nono centro de distribuição regional na sequência de um investimento 100 milhões de euros, para apoiar o aumento nas vendas de produtos frescos. De acordo com a Retail Week, a categoria de produtos frescos já responde por 40% do volume de negócios do Lidl, acima dos 25% de há quatro anos, do qual dois terços já tem origem no Reino Unido.