Moscatel Roxo de Setúbal no top 10 mundial

9 JULHO 2014
O Moscatel Roxo 2002 da empresa Bacalhôa Vinhos de Portugal é um dos 10 melhores moscatéis do mundo. Quem o afirma é o júri internacional do reputado concurso francês Muscat du Monde.

O top mundial resulta das 10 melhores classificações dos moscatéis que receberam medalha de ouro. Os resultados da 14.ª edição do Muscat du Monde distinguem, ainda, mais três Moscatéis de Setúbal: Moscatel de Setúbal da Venâncio da Costa Lima e Moscatel de Setúbal Superior da Bacalhôa Vinhos de Portugal, com medalha de ouro, e o Moscatel de Setúbal da Xavier Santana, com a medalha de prata.

Portugal destaca-se, ainda, na lista dos países premiados, sendo o terceiro país que mais medalhas de ouro recebe, três no total e todas elas para Moscatéis de Setúbal, um número apenas superado pela Espanha e França, com quatro e cinco medalhas respetivamente. Os restantes países representados na lista “Gold” são Austrália, Brasil, África do Sul, Itália, Bulgária, Roménia, Suíça e Estados Unidos. da América

Henrique Soares, presidente da Comissão Vitivinícola da Península de Setúbal, entidade responsável pela certificação dos vinhos DO Setúbal (Moscatel de Setúbal e Moscatel Roxo de Setúbal), realça que “desde a primeira edição do Muscats du Monde, em 2001, que os vinhos DO Setúbal têm vindo a granjear as melhores classificações, um motivo de orgulho que torna os moscatéis de Setúbal numa bandeira para Portugal e para a região”.

O concurso, considerado um dos melhores eventos internacionais de vinhos moscatel, pela representatividade e pelos rigorosos métodos de avaliação, decorreu nos dias 2 e 3 de julho, na cidade de Frontignan-la-Peyrade, em França. O júri, composto por 55 provadores internacionais, avaliou 208 moscatéis de 23 países, de onde resultaram 72 medalhas, 25 de ouro e 47 de prata.