Receitas da Best Buy ressentem-se com o encerramento de lojas

22 MAIO 2013

As receitas da Best Buy caíram tanto no seu mercado doméstico, como a nível internacional, no primeiro trimestre de 2013, período concluído a 4 de maio, à conta dos sucessivos encerramentos de lojas.

Nos Estados Unidos da América, as vendas totalizaram os 7,89 mil milhões de dólares, o que representa uma perda de 9,6% comparativamente com o período homólogo de 2012. Excluindo a semana adicional do primeiro trimestre do ano passado, as receitas também ficaram abaixo, cerca de 2,2%, declínio que se deve à perda de faturação de 49 grandes pontos de venda que foram encerrados ao longo de 2012. Numa base comparável, as vendas também mostraram uma tendência negativa, na ordem dos 1,1%.

Já a nível internacional, o desinvestimento de alguns mercados e fecho de lojas também resultou em menores vendas. Totalizando 1,40 mil milhões de dólares, ficaram 9,6% abaixo dos valores do primeiro trimestre de 2012. O encerramento de 15 grandes lojas no Canadá, e a perda de 2,8% numa base comparável, impactaram negativamente os resultados da empresa fora do mercado doméstico, apenas parcialmente beneficiados pelas promoções que catalisaram as vendas na China.

Nestes resultados ainda não está repercutido o desinvestimento no mercado europeu, anunciado a 30 de abril passado.

Com a cortesia da Revismarket.