Lavradores de Feitoria apresenta novidades no capítulo dos brancos

11 JULHO 2014
A Lavradores de Feitoria acaba de lançar novidades no capítulo dos brancos: Rui Paula Riesling 2012, Colheita Tardia 2010, Três Bagos 2013 e Três Bagos Sauvignon Blanc 2013.

O Colheita Tardia surge sob a marca Três Bagos e é da colheita de 2010. Feito 100% a partir da casta Sémillon, “apresenta uma cor palha dourada viva e brilhante. No aroma é bastante exuberante, com notas citrinas, nuances de figo e mel com algum alperce”. Estão disponíveis apenas 700 garrafas de 500 mililitros do Três Bagos Colheita Tardia branco 2010 a um PVP de 12 euros.

O Rui Paula Riesling 2012 é branco com estágio em inox (80%) e barricas novas de carvalho francês (20%), “tem uma cor palha dourada e viva. No aroma é delicado no início, surgindo depois notas limonadas e de alperce, acompanhadas de um toque apetrolado”.

A décima colheita do Três Bagos Sauvignon Blanc vai estar disponível não só na garrafas de 750 mililitros, mas também nos tubos de 100 mililitros – Wine In Tube (WIT). Um branco fermentado e estagiado parcialmente em madeira, que “apresenta uma cor viva com tons de citrino limão. No aroma é muito exuberante, fresco e revela nuances tropicais como maracujá, ananás e alguns espargos”. Disponível a um PVP de 8,50 euros.

O Três Bagos branco 2013, ao contrário dos anteriores, é um vinho de lote, que reúne três castas: Viosinho (50%), Gouveio (40%) e Malvasia Fina (10%), que lhe conferem “uma cor brilhante num misto de palha e citrino, um aroma fresco, mineral e frutado, do tipo melão e ameixa branca”. Disponível a um PVP de 6 euros.