Agroalimentar português deu cartas na maior feira do sector nos EUA

15 JULHO 2014
Sob organização da Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, 11 empresas portuguesas participaram na maior feira agroalimentar da América do Norte, que decorreu em Nova Iorque, entre 29 de junho e 1 e julho. Esta participação traduz-se na maior representação nacional de sempre de empresas portuguesas presentes no salão, dando mostras dos esforços concertados para internacionalizar o sector para novos mercados.

Fátima Vila Maior, diretora de área de Feiras da AIP – Feiras Congressos e Eventos, realça “o potencial do mercado norte-americano cujas exportações têm crescido a bom ritmo, tendo sido exportados em 2013 110.6 milhões de euros em produtos das várias fileiras do agroalimentar português para o país. Estamos a falar de um mercado com 225 milhões de consumidores, que só há bem pouco tempo começaram a conhecer e a interessar-se pela qualidade e autenticidade que caracteriza os nossos produtos. No que diz respeito ao consumo de produtos gourmet, o azeite, o queijo e os vinhos estão entre os mais apreciados pelos norte-americanos.

A responsável salienta que é preciso continuar a apoiar as empresas portuguesas nos seus intentos de internacionalização, promovendo a sua divulgação em novos mercados e capitalizando sinergias e contactos que se materializem em mais negócios. "O recorde firmado com a presença de 11 empresas portuguesas na Summer Fancy Food Fair é um exemplo inequívoco da vontade e capacidade do nosso tecido empresarial em se afirmar e adaptar a novos perfis de consumo e mercados”.

As fileiras das conservas e enlatados, arroz, azeite, vinho, doçaria e queijos nacionais estiveram representadas através da Císter, Cofaco Açores SA, Maçarico, Novarroz – Produtos Alimentares, Olivais do Sul, Carb - Casa Agrícola Rui Batel, Crespo, Queijaria Artesanal Ilídio, Quinta do Beato, ViniLourenço e Portugal Senses, empresas que integraram o stand levado pela AIP – Feiras, Congressos e Eventos ao salão americano.

O evento, que se realiza desde 1955, assinalou este ano a sua 60.ª edição com mais de 2.700 empresas participantes, entre importadores e presenças internacionais de 49 países, e cerca de 24 mil compradores.