Freeport celebra 10.º aniversário com recorde de vendas de 107 milhões de euros

21 JULHO 2014
O Freeport registou entre julho de 2013 e junho de 2014 um volume de negócios de 107 milhões de euros, alcançando um novo recorde de vendas no ano em que celebra uma década.

No último ano fiscal do Freeport, o volume de vendas cresceu 7,1% face ao período homólogo, reflexo da atração de visitantes nacionais e internacionais, do aumento do valor médio de compra e do reforço da oferta de marcas internacionais em 2013 e 2014.

O número de visitantes do Freeport cresceu 2,3% totalizando cerca de quatro milhões. Já o gasto médio dos visitantes do Freeport subiu 4,8% entre julho de 2013 e junho de 2014, contribuindo para o recorde de vendas agora atingido. O reforço da oferta de marcas internacionais no mesmo período foi também um fator determinante nos resultados do Freeport, cifrando-se o contributo das novas lojas abertas no último semestre de 2013 em 10% no volume de vendas no período de janeiro a junho de 2014.

Segundo Nuno Oliveira, diretor geral do Freeport, “se nos focarmos no período mais recente da história do outlet, de 2007 a 2014, verificamos um aumento de vendas de 20% ao mesmo tempo que o mercado decresceu 35%. Estamos assim otimistas para começar a escrever a próxima década do Freeport, sendo que para 2014-2015 estimamos atingir um volume de vendas de 110 milhões de euros, um crescimento de 3% face ao ano fiscal que agora terminou”.

O último exercício foi marcado ainda pela abertura no Freeport das lojas Armani, Guess, Nike, Douglas e Havaianas, para além da remodelação e aumento da área de lojas como a Lacoste e a Sacoor.