Lucros do DIA crescem 333% com venda da atividade em França

29 JULHO 2014
O lucro atribuído do primeiro semestre do Grupo DIA cresceu 333%, até aos 211,3 milhões de euros, impulsionado pelo fim da atividade em França. O resultado líquido ajustado nos primeiros seis meses do ano ascendeu a 102,5 milhões de euros, ou seja mais 5,3%.

Nas últimas semanas, realizámos com êxito duas transações importantes para o futuro do DIA: a venda da atividade em França ao Carrefour e a aquisição de El Árbol em Espanha, transações que estavam perfeitamente alinhadas com a nossa estratégia de concentrar os nossos esforços nos mercados onde podemos obter maiores receitas. Ambas as transações estão dependentes da aprovação final das respetivas autoridades da concorrência, e que no caso de El Árbol reforçará a nossa posição de liderança em preço e proximidade no nosso mercado mais importante. Apesar da deflação, um calendário adverso e desvalorização das divisas, o EBITDA da companhia reflete um sólido padrão de comportamento na Ibéria e em mercados emergentes”, declara Ricardo Currás, conselheiro delegado do Grupo DIA.

O grupo registou vendas brutas sob a insígnia de 4.434,8 milhões de euros, mais 8,7% em moeda local que no primeiro semestre de 2013. Nos mercados emergentes, o dinamismo do negócio no Brasil, Argentina e China permitiu alcançar vendas de 1.486 milhões de euros com um crescimento de 28,4% no primeiro semestre, sem ter em conta o efeito da divisa. Em Espanha, apesar de um contexto deflacionista, as vendas brutas mantiveram-se estáveis, em 2.517,4 milhões de euros, uma ligeira descida de 0,8% quando comparado com o mesmo período do ano anterior.