Sharp lança máquina barista para chá

1 AGOSTO 2014
A japonesa Sharp lançou uma máquina de chá expresso. A Healsio Ocha Presso é reminiscente da cultura barista no mercado do café e pretende atrair os jovens consumidores urbanos, que buscam novos sabores e bebidas, assim como os entusiastas de um estilo de vida saudável, consumidores que investiram cerca de 35 mil milhões de dólares em chá durante o ano passado.

A popularidade do chá entre os consumidores mais jovens não é elevada, já que muitos consideram-no uma bebida sensaborona e antiquada”, nota a consultora da Canadean, Catherine O’Connor. De facto, apesar dos consumidores com menos de 34 anos representarem 52% da população mundial, apenas são responsáveis por 42% do consumo de chá. “Com um preço de venda no retalho acima dos 200 dólares, a máquina da Sharp poderá ser uma forma dispendiosa para atingir o consumidor ocasional. Contudo, é um exemplo inovador de como o chá pode ser posicionado como uma alternativa ao café”.

O mecanismo de moagem lenta da Healsio Ocha Presso também potencia os benefícios do chá, prevenindo a perda de antioxidantes das folhas. O chá é um dos principais produtos que os consumidores associam a benefícios saudáveis, já que uma em cada cinco chávenas é tomada com este objetivo. “A confiança nos benefícios do chá para a saúde significa que os consumidores tenderão a acreditar mais nas credenciais saudáveis de bebidas funcionais à base de chá do que noutras ofertas. Combinado com o interesse global nos benefícios para a saúde dos produtos orientais, o mercado do chá deverá crescer futuramente, sobretudo para as marcas que consigam captar o interesse dos consumidores mais jovens”, acrescenta Catherine O’Connor.