Exportações DOP Douro continuam a crescer

4 AGOSTO 2014
No primeiro semestre, as exportações dos vinhos DOP Douro continuaram a crescer, representando quase 20,7 milhões de euros, um crescimento de 17,3% face ao período homólogo do ano anterior.

Também ao nível da quantidade e do preço médio foi registado um aumento de 14,9% e 2,1%, respetivamente. Foram 554 mil caixas que saíram de Portugal para o mundo, mais 72 mil caixas do que em 2013, no mesmo período.

Neste semestre, as quotas de mercado da exportação em valor (44%) e em quantidade (40,7%) superaram as percentagens registadas no semestre homólogo de 2013 (41,5% em valor e 39,3% em quantidade), bem como as do total do ano passado (40,9% e 40,1%).

O presidente do IVDP considera que “o crescimento da exportação dos vinhos DOC Douro tem vindo a ser contínuo e sustentado, o que reflete uma maior expressão e notoriedade dos vinhos tranquilos no panorama internacional. O mundo está cada vez mais atento e sabe que a Região Demarcada do Douro, para além do vinho do Porto, produz vinhos tranquilos cada vez mais reconhecidos pela sua qualidade”, conclui Manuel de Novaes Cabral.

Canadá, Angola, Estados Unidos da América, Suíça e Alemanha são os cinco principais mercados de exportação dos vinhos tranquilos da Região Demarcada do Douro. O mercado angolano foi o que mais cresceu face ao primeiro semestre de 2013 a todos os níveis. O volume de negócios para este país cresceu 65,8%, a quantidade 65,1% e o preço por litro 6,9%.