Vendas da Beiersdorf crescem abaixo das expectativas

7 AGOSTO 2014
As vendas da Beiersdorf cresceram 5% no primeiro semestre, abaixo das estimativas de 5,9% dos analistas. O crescimento baixou dos 6,7% que a fabricante da Nivea tinha reportado no primeiro trimestre.

No seguimento da apresentação destes resultados, as ações da Beiersdorf AG sofreram a sua maior queda desde 2010, cerca de 5,2%.

Apesar de ter ficado abaixo das expectativas, o crescimento das vendas da Beiersdorf é superior aos 4,5% reportados pela divisão de cuidados pessoais da Unilever.