Região dos Vinhos Verdes prevê boa colheita e aumento das exportações

2 SETEMBRO 2014
A Região dos Vinhos Verdes apresenta uma previsão muito favorável à colheita 2014, com valores médios de qualidade e de quantidade a par dos resultados dos anos anteriores.

Com uma floração mais precoce do que o habitual, mas também mais lenta devido ao período de temperaturas mínimas baixas ocorrido no final do mês de maio, a Região registou em julho temperaturas globalmente moderadas com pouca precipitação dispersa, o que indicia uma evolução positiva da maturação.

Para o enólogo António Cerdeira, “as condições climatéricas dos meses de agosto e setembro são, nesta fase, os fatores determinantes para o perfil distintivo dos Vinhos Verdes 2014. Apontamos para uma vindima com início geral em meados de setembro e que revele um bom equilíbrio entre a intensidade aromática, a acidez e o álcool, sendo desejável para a elegância dos Vinhos Verdes um final de período de maturação lento e progressivo”.

Segundo a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), “uma boa previsão de colheita é fundamental numa altura em que as exportações continuam a crescer, registando um aumento de cerca de 19% em volume e de cerca de 15% em valor, face ao período homólogo, com particular destaque para mercados como a Alemanha, os Estados Unidos, a França ou o Brasil, nos quais se verificam um aumento de exportações entre os 10 e os 40%”, refere Manuel Pinheiro, Presidente da CVRVV.