Pernod Ricard fatura menos 7%

4 SETEMBRO 2014
A Pernod Ricard sofreu um revés nos seus resultados do exercício 2013/2014, concluído a 30 de junho, afetada pelo mercado chinês. Os lucros líquidos caíram 14%, para os 1.027 milhões de euros, e as vendas contraíram 7%, para os 7.945 milhões de euros.

A China e a evolução do câmbio foram os principais obstáculos da Pernod Ricard. No mercado chinês, as vendas caíram 23%, enquanto nos outros países asiáticos a queda foi de 4%. Em contrapartida, na Europa e América o crescimento foi de 2%.

Por marcas, destaque para Perrier-Jouët e Jameson. As vendas de champanes cresceram 16% e as de whiskies melhoraram 12%. A marca Havana Club também beneficiou de um crescimento de 5%. No reverso da medalha, sobressaem as quedas de Martell (-9%), Royal Salute (-8%), Ballantine’s (-5%) e Chivas Regal (-4%).